Olá, meu nome é Vaine Angelo,

Eu sou mãe, esposa, palestrante, empreendedora, filantropa apaixonada em contribuir para a construção de um mundo melhor através de quem sou e tudo o que faço!

Nasci e cresci em Ribeirão Pires, uma pequena cidade de São Paulo e, aos 19 anos, me mudei para os EUA. Como meus pais não tinham condições financeiras para me bancar em outro país, me ajudaram com o valor para que eu conseguisse me manter por mais ou menos um mês e condicionaram a minha ida a: “trabalhe para que você alcance as suas próprias coisas, pois não temos como ajudá-la!”

O que me faltava em recursos, me sobrava em coragem, resiliência, perseverança e fé!

Nunca imaginei que seria nos Estados Unidos que eu me encontraria como pessoa, me estabeleceria como profissional e constituiria minha família.

Nos primeiros dez anos, trabalhei como faxineira, garçonete, cuidadora de idosos, caixa de supermercado, recepcionista de hotel, comissária de bordo e abri minha primeira empresa. A princípio, eu enxergava a liderança apenas como uma ferramenta de gestão. Mediante a minha evolução profissional, eu descobri o poder transformador e destruidor que a liderança tem sobre as pessoas e foi através da minha própria experiência como líder ineficaz que decidi investir em desenvolvimento de liderança.

Esta decisão foi um grande divisor de águas na minha vida profissional.

Foi por meio dela que eu me formei em Psicologia pela University of South Florida e fiz pós-graduação em Liderança e Auto-Performance. O resultado foi o estabelecimento de minha empresa de treinamento - Saddow Consulting Services - em 2012. 

Entre 2014 e 2018 tive o privilégio de ser diretora fundadora do conselho do Brazil- Florida Business Council, uma organização que tem como conselheiros da presidência grandes líderes como Chieko Aoki (fundadora da rede de hotéis Blue Tree), José Luis Cutrale (Presidente da Cutrale Cítricos) e David Neeleman (fundador da Azul Linhas Aéreas).

Em 2018 fui convidada para participar de uma reunião na Casa Branca com o então vice-presidente norte-americano, Mike Pence, para discutir a construção de uma nova geração de líderes. Este convite foi resultado do meu trabalho como Diretora Executiva da ONG For The Girls International - uma organização sem fins lucrativos com a missão de empoderar meninas e mulheres nos EUA - sendo eu uma das apenas 5 mulheres presentes entre os 100 convidados.

Já no ano de 2019, após participar em uma reunião com a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) despertei minha atenção para como eu poderia utilizar todo meu conhecimento e conquistas para ajudar o meu país e investir na nova geração de líderes do Brasil. E foi ali, sentada naquela mesa de reunião em Washington, DC., que a semente da Geração Mulher foi plantada.

A introdução da Geração Mulher no Brasil ocorreu com o primeiro treinamento Mulheres na Liderança que ministrei na Universidade Federal de Itajubá, MG, em 2020, no qual 317 mulheres receberam nossa certificação.

O meu comprometimento com a missão da Geração Mulher - capacitar as mulheres brasileiras a se tornarem líderes influentes - é o novo divisor de águas em minha vida profissional. Estou extremamente feliz de me reconectar com as minhas raízes para auxiliar na construção de um Brasil melhor, mais justo e igualitário!

Já Estamos Conectadas?